Início » 4 dicas para limpar corretamente suas plantas
Artigos DICAS E CUIDADOS JARDINS

4 dicas para limpar corretamente suas plantas

Regar, adubar e podar não são os únicos cuidados que você precisa ter com suas plantas. Confira aqui como limpar as plantas ajuda no seu desenvolvimento

O cultivo de plantas ganhou um novo patamar durante e depois da pandemia, e essas filhinha precisam de mais do que somente água e luz para prosperar e ter uma vida saudável. Elas também precisam de um pouco da chamada “limpeza carinhosa” (ou TLC – “tender loving cleaning” como a prática é conhecida mundialmente). Limpar as suas folhas é importante não apenas para um visual mais bonito, como também contribui para a saúde das plantas e no combate às pragas e doenças.

As plantas usam a luz do sol para realizar a fotossíntese, processo metabólico que as mantém vivas. Porém camadas de poeiras e sujeiras em suas folhas podem limitar a quantidade de luz que recebem, criando um lugar para a proliferação de doenças e insetos, que aproveitam o local para se esconderem. Pensando nisso, Scott Duramax reuniu as melhores dicas para cuidar das plantas:

A poeira é inimiga da fotossíntese
Cada camada de poeira nas plantas e na superfície de suas folhas torna mais difícil que ela receba luz solar. Por isso, é importante usar materiais macios para tirar a sujeira, sem danificar as folhas.

Não esqueça de examinar os caules e o solo

A poeira é inimiga da fotossíntese
Cada camada de poeira nas plantas e na superfície de suas folhas torna mais difícil que ela receba luz solar. Por isso, é importante usar materiais macios para tirar a sujeira, sem danificar as folhas.

Não esqueça de examinar os caules e o solo

Regar suas plantas à noite pode não ser o momento ideal, pois elas não conseguem secar tão rapidamente quanto em outros momentos do dia e as folhas molhadas ficam mais suscetíveis a doenças. Se for regar à noite, use panos macios para secar as folhas depois.

Cada planta precisa de um cuidado personalizado
As plantas são diferentes umas das outras e requerem cuidados únicos de acordo com as suas características. Um cacto, por exemplo, precisa de um cuidado diferente da orquídea. Então, o primeiro passo é pesquisar sobre as suas filhas para entender as necessidades particulares delas.

Fonte: terra.com