Início » 5 dicas para cultivar uma horta reaproveitando vegetais
Artigos DICAS E CUIDADOS JARDINS

5 dicas para cultivar uma horta reaproveitando vegetais

Veja como replantar em casa alguns alimentos de maneira prática

Você sabia que grande parte dos vegetais que consumimos pode ser replantada a partir de talos, raízes ou até por pequenos brotos? Pois é, basta ter um recipiente de água e vasos com terra para dar um destino diferente a pedaços de alimento que iriam para o lixo.

Pensando nisso, Eduardo Petrelli, especialista em varejo alimentar e CEO da foodtech Diferente — startup que entrega cesta de alimentos orgânicos no lar dos consumidores — traz algumas dicas para você se inspirar a começar (ou aumentar) seus cultivos. O melhor de tudo é que você não precisa ter muito espaço para ter uma horta em casa. Confira a seguir!

1. Replantando batata-doce e inhame

Estimule o desenvolvimento das raízes colocando-as num pote de vidro com água no fundo. Deixe apenas o fundo do vegetal encostado na água, até que as raízes comecem a aparecer. Fica ainda mais fácil quando a batata ou o inhame já apresenta pequenos brotos.

Os tubérculos podem ser plantados quando as raízes estiverem com mais de 5 cm de tamanho, enterrando-os em vasos de 30 cm de profundidade, preenchidos com terra fofa. Faça o mesmo com o gengibre, açafrão e demais raízes ou tubérculos.

2. Fazendo mudas de manjericão e hortelã

Escolha os galhos, tire quase todas suas folhas, mantendo só as superiores, e deixe-os em um recipiente de vidro, preferencialmente escuro, com o caule submerso na água. Troque a água a cada dois dias. Em algumas semanas, as raízes deverão aparecer, momento ideal para levar suas novas mudinhas à terra. Essa técnica também funciona para a maioria dos temperinhos, como alecrim, orégano e alfavaca.

3. Plantando alho-poró e cebolinha a partir das raízes

Para reproduzir esses dois vegetais, corte cerca de 2 cm da base deles, naquele pedacinho de onde saem as raízes, e deixe na água, com cuidado para que a superfície não fique submersa (caso necessário, use palitos para manter apenas a base em contato com a água). Faça o mesmo com alfaces, repolho ou acelga. Troque a água e, em cerca de 10 dias, a nova planta começará a se desenvolver. Transfira para um vaso de, pelo menos, 20 cm de profundidade e colha suas novas hortaliças em poucos meses.

4. Produzindo folhas de beterraba e cenoura

O plantio desses vegetais é simples. Corte o topo deles, de onde saem as folhas: basta um pedacinho de cerca de 5 cm. Deixe-os em contato direto com a água, igualmente cuidando para não ficarem submersos. Assim que as folhas brotarem, o que deve acontecer após cerca de 10 dias, plante as novas mudas em vasos de 25 cm de profundidade. O mesmo funciona para verduras como salsão. Aproveite para consumir as folhas, adicionando seus brotos crus em uma salada ou cozinhando as folhas maiores.

5. Montando uma horta em espaços pequenos

Para colocar em prática experimentos de replantio, você não precisa ter um espaço grande em casa, basta seguir algumas dicas simples, como as divulgadas pela Embrapa Hortaliças. Confira

  • Escolha vasos de tamanhos apropriados para as necessidades de cada espécie;
  • Acomode os vasos em lugares bem iluminados. As plantinhas em geral precisam de várias horas de sol para crescerem;
  • Regue na medida certa, sem encharcar a terra, observando a influência do clima e da temperatura na umidade: em dias quentes, as plantinhas necessitam de mais água;
  • Mantenha o solo bem adubado, pode ser com húmus;
  • Em espaços pequenos, doenças ou insetos podem rapidamente se espalhar para todas as plantas, se atente e utilize defensivos naturais para controlar desequilíbrios;
  • Mesmo que não vá colher grandes quantidades de alimento, considere plantar algumas mudinhas para decorar o ambiente ou simplesmente acompanhar o crescimento delas. As crianças vão adorar a experiência.

Por Renato Caliman

Fonte: O Povo